Incêndio provoca vazamento tóxico e quarteirão é evacuado em Santos
08/10/2018 10:43 em Notícias

Um quarteirão foi evacuado após o galpão de uma marcenaria pegar fogo em Santos, no litoral de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (8), e causar vazamento de produtos químicos. Segundo apurado pelo G1, o local armazenava fosfeto de alumínio e cerca de 70 pessoas foram evacuadas e encaminhadas para uma unidade de saúde.

O caso aconteceu na Rua Doutor Cochrane, no Paquetá, por volta da 1h. Informações obtidas pelo G1 apontam que estavam armazenados no local cerca de três toneladas do fosfeto de alumínio de forma clandestina, que pertenceriam a uma empresa portuária, e seriam usados na área de navios. A autorização para o armazenamento ainda será apurada pelas autoridades.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, todo o quarteirão teve que ser isolado e os moradores foram obrigados a deixar suas casas, porque o vazamento pode prejudicar a saúde, uma vez que os produtos produzem um gás altamente tóxico. O incêndio não deixou vítimas fatais. Um ônibus foi disponibilizado para levar a população até a Santa Casa de Santos, onde passarão por avaliação.

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) foi acionada e já está no local atendendo a ocorrência. A Defesa Civil também está trabalhando para isolar o produto químico do local, com a deposição de areia e de lonas para diminuir os riscos de propagação. No momento, o fosfeto não prejudica mais os moradores do bairro.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Daniel Onias, a empresa trabalhava com reaproveitamento de paletes de madeira. Apenas por volta das 4h o responsável pelo galpão informou que haviam produtos químicos no local. O Corpo de Bombeiros foi acionado e chegou rapidamente ao local e trabalharam no combate às chamas.

Com informações do g1.globo.com/santos

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE